Games 4Evil! - Tudo sobre games

Novidades, análises, prévias e mais sobre jogos


    [Especial] Halloween

    Compartilhe

    Mulder


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 14/06/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 10661
    <b>Pontos</b> Pontos : 12154
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 328
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    [Especial] Halloween

    Mensagem por Mulder em 31/10/2011, 00:26

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    O Halloween é um evento anual de férias observado em 31 de outubro, principalmente nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e do Reino Unido.
    As atividades mais comuns de Halloween incluem truque-ou-tratamento, vestindo trajes e freqüentando festas a fantasia, escultura jack-o'-lanternas, ghost tours, fogueiras, balançando maçã, visitando atrações assombradas, comprometendo brincadeiras, contando histórias de fantasmas e outros contos aterrorizantes e assistindo filmes de terror.


    História do Dia das Bruxas


    A história desta data comemorativa tem mais de 2.500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão (31 de outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros.
    Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
    Com o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de novembro).


    Símbolos e Tradições


    Esta festa, por estar relacionada em sua origem à morte, resgata elementos e figuras assustadoras. São símbolos comuns desta festa: fantasmas, bruxas, zumbis, caveiras, monstros, gatos negros e até personagens como Drácula e Frankestein.
    As crianças também participam desta festa. Com a ajuda dos pais, usam fantasias assustadoras e partem de porta em porta na vizinhança, onde soltam a frase “doçura ou travessura”. Felizes, terminam a noite do 31 de outubro, com sacos cheios de guloseimas, balas, chocolates e doces.


    Halloween no Brasil


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    No Brasil a comemoração desta data é recente. Chegou ao nosso país através da grande influência da cultura americana, principalmente vinda pela televisão. Os cursos de língua inglesa também colaboram para a propagação da festa em território nacional, pois valorização e comemoram esta data com seus alunos: uma forma de vivenciar com os estudantes a cultura norte-americana.
    Muitos brasileiros defendem que a data nada tem a ver com nossa cultura e, portanto, deveria ser deixada de lado. Argumentam que o Brasil tem um rico folclore que deveria ser mais valorizado.
    Para tanto, foi criado pelo governo, em 2005, o Dia do Saci (comemorado também em 31 de outubro).


    Já que histórias ou estórias de terror são umas das principais coisas a se fazer no Halloween conte suas histórias ou estórias de terror abaixo. Aproveite e diga qual o jogo mais assustador que já jogou; filmes para se assistir neste dia. Dê sua opinião sobre a data, e obviamente comemore! :57:

    Participação:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    HAPPY - HALLOWEEN

    Tópico original no link: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    mr_bean


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Spore
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 26/01/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 1902
    <b>Pontos</b> Pontos : 1082
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 39
    <b>Frase</b> Frase : Valve só sabe contar até 2
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por mr_bean em 31/10/2011, 11:12

    Muito bom eu nunca comemorei o Halloween bem que podia começar com travessurar hj Twisted Evil

    Mulder


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 14/06/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 10661
    <b>Pontos</b> Pontos : 12154
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 328
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Mulder em 31/10/2011, 13:33

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Muito bom eu nunca comemorei o Halloween bem que podia começar com travessurar hj Twisted Evil
    Dependendo da "travessura", sim... :UHU:

    E aproveitando, eu indico Silent Hill para se jogar nesse Halloween. De preferência, de noite. E logo abaixo você pode conferir uma estória de Terror retirada da internet Twisted Evil :

    China Doll

    Uma linda garota de 8 anos de idade chamada Izzy ganhou uma adorável "china doll" no seu aniversário. Ela chamava a boneca de Sam.

    Um dia, Izzy brincava com Sam, até que sua mãe a chamou para dormir. Então ela ouviu murmúrios: "China doll, china doll no porão, china doll, china doll, nas escadas, china doll, china doll no quarto dos seus pais, agora eles estão mortos". Izzy cambaleou para trás, atordoada.

    Na manhã seguinte, a menina foi até o quarto dos pais e descobriu que eles haviam morrido. Ela chorava muito e seu irmão planejava o funeral. Izzy não brincou com Sam naquele dia. Foi para cama mais cedo e dormiu.

    No meio da noite ela ouviu o falatório de novo. "China doll, china doll no porão, china doll, china doll, nas escadas, china doll, china doll no quarto do seu irmão, agora ele está morto". Izzy caiu e desmaiou.

    Ao acordar, foi ao quarto do irmão, ele estava morto. Ela passou o dia inteiro dentro do quarto, não era capaz de mover um músculo. A noite caiu e ela dormiu.

    Ouviu as vozes pela última vez. "China doll, china doll no porão, china doll, china doll, nas escadas, china doll, china doll, no quarto dos seus pais, chia doll, china doll, no quarto do seu irmão, china doll, china doll, no seu quarto...". Ela levantou a cabeça a tempo de ver a boneca. "Agora você está morta!"

    No dia seguinte, a polícia não encontrou nenhum vestígio de assassinato. Tudo que eles ouviam, era uma risada distante. Um riso maligno que vinha de uma "china doll" de olhos e cabelos castanhos, à caça de suas próximas vítimas.

    Teteu


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Saga Silent Hil
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 28/06/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 2082
    <b>Pontos</b> Pontos : 2652
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 68
    <b>Frase</b> Frase : Canal Youtube: Mateus Games TOP
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Teteu em 31/10/2011, 22:21

    Nada Melhor que Dia de Hallowen foi assistindo no Cinema o Atividade Paranormal 3 . Muito Bom mesmo. Tbm eu recomendo Nesse Hallowen assistir um bom filme de Terror das Antigas a Noite . Eu Recomendo Potergeist o Fenômeno , ou tbm os da Saga Michael Myers : Hallowen 1 , 2 ,3 ,4 ,5 , 6 ,7 e 8 . Bom Hallowen a Todos.

    Mulder


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 14/06/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 10661
    <b>Pontos</b> Pontos : 12154
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 328
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Mulder em 31/10/2011, 22:24

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:
    Nada Melhor que Dia de Hallowen foi assistindo no Cinema o Atividade Paranormal 3 . Muito Bom mesmo. Tbm eu recomendo Nesse Hallowen assistir um bom filme de Terror das Antigas a Noite . Eu Recomendo Potergeist o Fenômeno , ou tbm os da Saga Michael Myers : Hallowen 1 , 2 ,3 ,4 ,5 , 6 ,7 e 8 . Bom Hallowen a Todos.
    Já ouvi falar nesse filme "Atividade Paranormal", mas nunca cheguei a assistir. Para falar a verdade, peguei o filme em uma das cenas finais. Aquilo é um história real? Não me pareceu ser convincente.

    BlackMORE


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Half-Life 2
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 08/03/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 1406
    <b>Pontos</b> Pontos : 1046
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 67
    <b>Frase</b> Frase : Shitty wizard!
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por BlackMORE em 2/11/2011, 15:44

    Uia, trago duas da internet, mas logo trago uma minha
    :pisca:

    O assassino e o cachorro
    Uma pequena garota estava sozinha em casa, na tv anunciou-se que um famoso assasino em série teria fugido da prissão e estaria pelo bairro, assustada, a pequena garota pegou seu cachorro para a proteger.
    Quando a noite chegou, ela trancou todas as portas e tentou trancar todas as janelas mas uma se recusava a fechar.

    Ela decidiu deixar a janela destrancada e então foi para cama. Seu cachorro tomou seu lugar de costume em baixo da cama.

    No meio da noite ela acorda por causa de um som de gotas vindo do banheiro. A menina está muito assustada para ir ver o que era então ela estendeu sua mão para baixo da cama. Ela sentiu a lambida de seu cachorro e então voltou a dormir. Ela acorda novamente por causa do som das gotas, estende sua mão para baixo da cama, sente a lambida de seu cachorro e volta a dormir. Mais uma vez ela acorda, estende a mão e sente a lambida.

    Agora curiosa sobre o som das gotas, ela se levanta e lentamente anda até o banheiro, o som dos pingos foi ficando mais alto de acordo que ela ia se aproximando. Ela chega no banheiro e liga a luz. Ela é recebida por um horrível sinal; pendurado no chuveiro estava seu cachorro com a garganta cortada e o sangue caindo na banheira.

    Alguma coisa no espelho do banheiro chamou sua atenção e ela virou. Escrito no espelho com o sangue de seu cachorro estavam as palavras "HUMANOS TAMBÉM SABEM LAMBER"

    O jogo mais assustador de todos os tempos
    Eu acabei de jogar o video game mais ASSUSTADOR de todos os tempos. Preste antenção no que eu tenho a dizer antes de sair falando “Oh, provavelmente é só uma criança que tem medo de qualquer coisa.”. Eu não fico assustado com jogos ou filmes. Já joguei muito survival horror e vi muitos filmes de terror na minha vida. A única coisa que me deixou um pouco assustado foram algumas partes do "Penumbra" e "Condemned". Todo o resto foi chato. Esse jogo é diferente. MUITO diferente.

    Você não tem idéia de qual é a história por trás do jogo. Assim que você aperta play, é jogado para dentro do jogo sem mais, nem menos. Entretanto, eu fui capaz de entender como é a história depois de terminar esse jogo horrível. Aparentemente, você é um louco. Não nos dão seu nome, mas pode-se imaginar qual é se prestar atenção na o título. Por alguma razão, você escapou de um hospital psiquiátrico. E agora, o estado horrendo da sua mente transformou os corredores do hospital em nada além de um labirinto todo preto, cuja única iluminação vem das paredes, que brilham em um azul mortal.

    Seu personagem parece ser algum tipo de canibal louco que você mal consegue controlar. Você pode forçá-lo a virar as curvas do corredor assustador, mas nada mais pode ser feito. Seu personagem quer pegar qualquer coisa e tentar comê-la; o que quer que esteja a sua frente ele pega, coloca na boca e engole.

    Enquanto joga, você é caçado por monstros fantasmas medonhos e extremamente assustadores. Você não pode ferí-los, e chegar perto de qualquer um deles é morte instantânea, a qual o fantasma vai pra cima de você e te rasga ao meio, enquanto escuta o som horrível do seu corpo sendo retorcido.

    Você pode, entretanto, comer alguns objetos estranhos escondidos no labirinto, que faz seu personagem ficar em um estado muito mais instável. Você pode literalmente COMER os monstros fantasmas. Seu personagem corre na direção deles e os devora, só deixando seus olhos.

    Não há palavras para descrever o quanto horredo e tenebroso é esse jogo, e eu não quero estragar as surpresas para vocês. Apenas vão e tentem vocês mesmos. Pesquisem no Google a palavra Pac-Man. Você o encontrará no primeiro resultado.
    :ria*:

    EDIT: Now, my history:
    Ele estava sozinho em casa, sua mãe tinha ido ao mercado, depois de um tempo, foi tomar um banho, lembrou-se que deixara a porta da casa destrancada. Não se preocupou, e continuou seu banho até que ouviu a maçaneta girar e porta ser aberta. Ficou aflito. "Deve ser a mãe chegando". Pensava ele. "Só pode ser ela, estou me preocupando atoa". Enquanto fingia não sentir o frio na espinha, se apressou para tomar banho, se secou rapidamente e correu para abrir a porta para encontrar sua mãe e acabar com aquele "pensamento bobo". A porta do banheiro estava trancada...
    -Mãe... Ô MAE, TO TRANCADO
    Berrava sem parar, mas continuava sem resposta. Ouvia barulhos estranhos, estava artodoado. "Calma, ela deve estar lá fora no quintal e não me ouviu". Tentava abrir a porta desesperadamente, quando a janelinha que ficava no banheiro se fechou. Ouviu-se uma risada maligna, ele entrou em desespero e berrava por socorro.

    O chuveivo se abriu, sem entender aquilo, foi ver, percebeu que algo viscoso cobria o ralo e o chuveiro soltava agua cada vez com mais força, quando viu,qualquer fresta estava trancada pela mesma camada de algo viscoso e vermelho. Ouvia vozes, mas não entendia nada. Berrava e berrava até perder a voz.

    Ele se sentou no canto do banheiro, fechou os olhos... não sentia nada, apenas a agua gelada que estava afogando-o...

    Mulder


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 14/06/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 10661
    <b>Pontos</b> Pontos : 12154
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 328
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Mulder em 4/11/2011, 17:13

    Muito boa sua estória, BlackMORE. Continuando com mais duas histórias:

    • A Estátua


    A alguns anos atrás, uma mãe e um pai decidiram tirar um descanço, então eles sairam para jantar na cidade. Eles chamaram sua babá de mais confiança. Quando a babá chegou, as duas crianças já estavam durmindo. Então a babá se sentou perto delas e verificou se tudo estava bem. Mais tarde nessa noite ela ficou com tédio e foi ver TV, mas ela não conseguiu ver na sala porque não havia TV a cabo (os pais não queriam que as crianças ficassem vendo "lixos" na TV). Então ela ligou para os pais e perguntou se ela poderia ver TV no quarto de casal. Obviamente, os pais permitiram, mas a babá tinha um pedido final... ela perguntou se poderia cobrir a estátua do palhaço que estava no quarto das crianças com alguma toalha ou cobertor, porque ele a deixava nervosa. O telefone ficou em silêncio por um momento, e o
    pai que estava no telefone com a babá falou, "Leve as crianças para fora de casa agora... nós estamos chamando a polícia. Não temos nenhuma estátua de palhaço."

    A polícia achou os três corpos dos ocupantes da casa mortos depois de cinco minutos da chamada. Nenhuma estátua foi encontrada.

    • Olhos Vermelhos


    Um jovem empresário, em uma viagem de negócios passa por uma estrada, cai a noite e ele para na frente de um hotel. Decidindo que seria mais seguro não dirigir de noite em rodovias sem iluminação, decide passar a noite
    no hotel. Ele se dirige ao balcão e é prontamente atendido por uma simpática garota, que lhe dá a chave do último quarto do corredor.

    Quando está no caminho para seu quarto, ele nota que de frente para o seu, há um quarto sem marcação (número). Com curiosidade ele olha pela fechadura do quarto e vê uma mulher extremamente pálida de costas para a porta, olhando para a janela. Sem nada estranhar ele vai dormir. No outro dia ele acorda e resolve olhar de novo, e tudo que vê é vermelho. Ele logo pensa "provavelmente a mulher notou que eu estava olhando e colocou algo
    vermelho para bloquear a fechadura. Depois, não aguentando a curiosidade, ele, quando já está saindo do hotel, pergunta à garota que fica no balcão:

    "Quem é aquela mulher do quarto à frente do meu?"

    A garota olha surpresa, e responde:

    "Naquele quarto, uma vez, ficou uma família. O pai assassinou a mulher e os filhos, se matando depois. E a característica mais marcante era que eles tinham todo o corpo branco, exceto pelos olhos que eram vermelhos."

    BlackMORE


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Half-Life 2
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 08/03/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 1406
    <b>Pontos</b> Pontos : 1046
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 67
    <b>Frase</b> Frase : Shitty wizard!
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por BlackMORE em 4/11/2011, 17:24

    Me caguei na do palhaço
    fuuu

    Criar histórias de terror é legal kkk
    Vo trazer mais duas minhas: (talvez eu crie um livro:Hmm:)

    Doçuras ou travessuras?

    Na noite de halloween, comprei doces para dar as crianças, elas eram umas pestes se não bem recompensadas com chocolates e balas. Foi uma noite tranquila. Até que tarde da noite fui dormir. Depois de uns 5 minutos, a campainha tocou. Quem seria? Eu não sei. Fuia porta. Havia 3 crianças, paradas, vestidas com roupas muito assustadoras até para mim. Disse que não havia doces e sai...

    No dia seguinte, esse homem foi morto, o único véstivio foi uma frase escrito com balas no chão, dizia: ELE ESCOLHEU TRAVESSURAS!

    O arquivo 002

    Ed era um técnico de informática, tinha sua própia loja e num certo dia, quando abria sua loja, encontrou um CD na frente da porta. Pegou e deu uma olhada, estava escrito 002. Curioso, colocou em seu computador para verificar.

    Alguns minutos depois chegou um dos funcionários da loja e encontrou Ed morto. Aterrorizado, chama a ambulância e a polícia e dá depoimento. Volta para casa, no dia seguinte ele encontra na frente de sua casa um CD. Pegou e deu uma olhada, estava escrito 003...

    Mulder


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 14/06/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 10661
    <b>Pontos</b> Pontos : 12154
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 328
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Mulder em 5/11/2011, 15:03

    • Espelhos


    Um trovão clareia a madrugada fora de sua janela, por um segundo você imagina diversos rostos em desespero no seu espelho, decidindo que tal coisa não pode ser verdade, ele simplesmente vira e dorme.

    No outro dia ele decide se livrar de todos espelhos da sua casa, devido à horrível experiência da noite anterior, todos espelhos reunidos ele os joga fora. No dia seguinte ele acorda e há um bilhete na cabeceira da sua cama, e ele diz:

    ''Por favor traga os espelhos de volta, nós gostamos de te ver dormir."

    • Os retratos


    Havia um caçador na floresta, que, depois de um longo dia de caça, estava no meio de uma imensa floresta. Estava ficando escuro, e tendo perdido a direção, ele decidiu andar em apenas uma direção até estar livre daquela incessante e cansativa floresta. Após algum tempo, que pareceram horas, ele se deparou com uma pequena cabana. Percebendo o quão escuro já estava, ele decidiu ver se ele podia passar a noite ali. Ele se aproximou e viu a porta aberta, não havia ninguém dentro. Ele entrou e deitou na única cama que estava ali, decidiu se explicar ao dono pela manhã. Enquanto ele olhava ao seu redor, ele encontrou diversos retratos pendurados na parede, todos pintados com um realismo incrível. Sem excessão, eles pareciam estar olhando em direção a ele, com olhares mortos que pareciam cheios de ódio. Olhando pra eles, ele se sentia incrivelmente desconfortável. Fazendo um esforço pra ignorar aquelas faces furiosas, ele se virou em direção a parede e exausto, ele cai num profundo sono.

    Pela manhã, ele é acordado com um inesperado raio de sol. Olhando ao seu redor, ele percebe que na cabana não haviam retratos, apenas janelas.

    BlackMORE


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Half-Life 2
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 08/03/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 1406
    <b>Pontos</b> Pontos : 1046
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 67
    <b>Frase</b> Frase : Shitty wizard!
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por BlackMORE em 5/11/2011, 16:16

    Nossa House, depois de ler "Os retratos"vou dormir num quarto sem janelas (MEDOMEDOMEDOMEDO)

    Um da internet pra vocês:
    Uma garota voltava do colégio para sua casa, quando algumas quadras depois, encontrou um maço de fotos Polaroid presas a um elástico. Curiosa, as pegou, retirou o elástico e começou a olha-las, a primeira era uma figura que aparentava ser de um homem, estava distante num fundo preto, mas estava longe demais para se ter certeza. A próxima foto parecia ser do mesmo homem, só que mais proxímo. Assim como a terceira, e em cada foto o homem avançava mais e mais. Quando a face do homem quase se preencheu na tela, só havia mais uma foto, a garota já estava na frente da casa. Curiosa, foi ver a última. Diferente das demais, havia um fundo branco com as palavras: PERTO DEMAIS! O irmão da garota que estava em casa ouviu os gritos e berros por socorro da a irmã, desceu rapidamente, viu sua irmã no chão, morta e um maço de fotos do lado presas a um elastíco. A primeira foto parecia uma figura humana longe num fundo preto, parecia sua irmã, mas estava longe demais para se ter certeza...

    Uma minha agora
    Twisted Evil

    A alma na foto

    Dizem que se bate uma foto de uma pessoa, capturamos sua alma. E se passasemos uma foto ao computador, a alma iria junto. Veja seu PC, veja quantas almas tem aprisionadas e pedindo para serem soltas...

    João era um simples homem do campo que foi a cidade comprar alguns equipantos para sua fazenda. Nessa época, um perigoso serial-killer estava a solta e provocando pânico, esses assasino tinha um ritual estranho com alguma vítimas, as matava, levava o corpo para algum local onde era preparado um ritual secreto, realizava esse ritual, batia uma foto, a imprimia e em seguida a queimava. João não ligava para esse fato, afinal iria num bate-volta rapidinho, chegou a loja e acabou por ser morto pelo serial-killer. Um homem que passava conseguiu bater uma foto com seu celular do homem. Esse homem tinha o nome de Gabriel, que iria a polícia entregar a foto.

    No dia seguinte, seu celular aparentava estar estranho, mas sua foto estava lá, porém numa pasta separada, com o nome de "emv". Ignorou, foi a polícia e entregou a foto. 2 policiais, peritos em infórmatica foram analisar a foto, transefiram a foto para o computador e assim que a transferência terminou a luz caiu. Quando voltou, ligaram o PC e foram a pasta onde guardaram a foto. Havia 2 arquivos ao ínves da foto: "SOS" e "HEL", eram executáveis e os peritos ficaram confusos, resolveram executar o arquivo. Os corpos do peritos foram encontrados mortos. Sem explicação nenhuma, o delegado faz uma cópia desses arquivos num CD, pórem o perde na rua a caminho de casa. O arquivo foi encontrado por 3 amigos, hackers de alto nível. O boato dos arquivos assasinos já tinha se espalhado e inúmeras lendas urbanas surgiram. Com medo que fosse esse arquivo, resolveram investigar, por pura curiosidade resolveram gravar o processo.

    Tentaram ver o que tinha nos arquivos, uma sequencia de números sem sentido, criaram outro arquivo juntando a sequência e foi formado um arquivo de vídeo num formato .RUN. Sem saber como abri-lo, tentaram abrir normalmente. Um vídeo começou a passar.

    2 garotos entrando num porão... apenas isso era o que mostrava, pórem o final foi repitido inúmeras vezes, quando perceberam que havia um homem de pé, flutando no porão, de olhos vermelho no fundo com uma faca. O vídeo se fecha.

    Se quer saber da gravação deles investigando o arquivo, no momento que viram o homem, a gravação fica negra, cheio de gritos e frases em uma língua desconhecida.

    Se receber 2 arquivos com o nome "SOS" e "HEL", NÃO ABRA! NÃO ABRA! NÃO DEIXE A ALMA DO SERIAL-KILLER SER LIBERTADA NOVAMENTE...

    killer_sd


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 24/08/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 2755
    <b>Pontos</b> Pontos : 2719
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 25
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por killer_sd em 6/11/2011, 21:07

    House escreveu:
    • Olhos Vermelhos


    "Um jovem empresário, em uma viagem de negócios passa por uma estrada..."
    House , eu fikei durante 2 dias pensando nessa historia, serio, a mais assustadora do topico xD

    Klaus-Meine


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 07/01/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 534
    <b>Pontos</b> Pontos : 695
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 48
    <b>Frase</b> Frase : Quando Chuck Norris usa óculos escuros, é para não ofuscar o sol com o brilho do
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Klaus-Meine em 6/11/2011, 21:14

    Paranóia!


    Noite de 6 de Junho de 2006; estava eu caminhando por uma estrada deserta. Algo não parecia está bem, nada ia com nada, caminhei e caminhei até que chegasse a noite.

    Mas, estranhamente, no dia anterior, eu havia sonhado com o momento que iria vivenciar; algo sinistro estava para ocorrer e que mudaria para sempre minha vida.

    De repente comecei a alucinar meio à estrada, como se estivesse ficando louco, paranóico. Eu sabia que eu já estive alí, porém, eu nunca estive alí; foi quando comecei a ver luzes piscando e um vento forte ao meu redor. Havia uma casa perto; a luz não vinha de lá. Mas não estava certo aquilo lá, naquele local. Era comum ver que a arquitetura da casa era diferente das outras, era algo mais arcáico, antigo, era arrepiante.

    Continuei pela estrada deserta, estava no meio da madrugada. Eu sabia que ainda tinha alguma coisa por vir. Continuei andando, e andando. Foi quando me deparei com uma luz mais intensa, ofuscante; mais à frente um veículo depredado, parecia um carro. Aproximei-me; alí havia uma senhora, ela estava nervosa, preocupada. Disse-me que alí dentro do carro estava o filho dela, pediu para que eu retirasse ele o mais rápido possível e o levasse para o hospital; fui atender ao pedido da senhora, mas assim que abri a porta do carro, me deparei com a mesma senhora morta ao volante e o filho dela chorando ao lado, sangrando. Pensei que era alguma irmã gêmea dela; mas foi quando olhei para trás, não vi mais nada. Havia alguma coisa ainda errada. Percebi então que a senhora com quem falei, era na verdade, a senhora que estava morta ao volante.

    Foi nesse momento que o dia amanheceu, porém, rápidamente. Acordei caído no asfalto; cercado por ambulâncias e policiais, sem entender o que tinha acontecido. Depois disso, fiquei paranóico e vim a falecer dia 8 de Setembro de 2009.

    Atenção; estou morto, esse texto foi escrito por uma pessoa já morta, eu. Trata-se de um assunto real; você confia em mim?


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    OBS: Essa estória é de minha autoria.

    killer_sd


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 24/08/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 2755
    <b>Pontos</b> Pontos : 2719
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 25
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por killer_sd em 7/11/2011, 16:55

    otima historia klaus ;D

    essa aki achei na net,um dia vou tentar fazer uma.

    Um homem e uma mulher estavam em uma viagem para uma cidade onde eles estariam se preparando para adotar uma criança uma criança, quando se deparam com uma mulher na estrada. O homem pergunta se deveriam parar, a mulher disse que não, pois ela tinha medo de assombrações e achava que a mulher seria uma. Quando se aproximam, veem que é uma mulher muito ferida, e por isso, param o carro para perguntar o que tinha acontecido.

    A mulher responde que mais para frente, o marido dela perdeu o controle do carro e desceu um barranco e acabou batendo em uma pedra. Ela disse que seu marido já aparentava estar morto, pois não estava respirando, e somente seu filho havia sobrevivido no acidente.

    Ela pegou carona e eles pararam no local do acidente. Todos desceram do carro. O homem ordenou que as 2 mulheres ficassem no carro, enquanto ele descia para salvar a criança, e assim aconteceu.

    O homem se aproximou do carro e notou que ao lado do homem, havia mais alguém aparentemente morto no carro, mas não prestou atenção e foi direto buscar o bebê.

    Ao voltar, nota que somente sua mulher está no carro. O homem lhe entrega o bebê e pergunta onde a mulher ferida estava. Ela responde que a mãe do bebê foi atrás do homem para que ele não se perdesse no local, pois haviam muitas árvores.

    O homem volta pelo mesmo caminho, e ao se deparar com o carro novamente, nota que o corpo que estava ao lado do motorista, era na verdade, o corpo da mulher que eles haviam encontrado na estrada. O homem se assusta, e olha para o banco do bebê, onde ele encontra um papel escrito: "Cuide bem de nosso filho, pois este é o filho que vocês queriam tanto adotar..."

    BlackMORE


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Half-Life 2
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 08/03/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 1406
    <b>Pontos</b> Pontos : 1046
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 67
    <b>Frase</b> Frase : Shitty wizard!
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por BlackMORE em 7/11/2011, 18:24

    Você está em casa sozinho, e você ouve no noticiário sobre o perfil de um assassino que está solto.
    Você olha para fora das portas de vidro deslizantes para o seu quintal, e você percebe um homem de pé na neve. Ele se encaixa no perfil do assassino, e ele está sorrindo para você.
    Você corre para pegar o telefone à sua direita e discar 911.
    Você olha para trás enquanto está discando, e percebe que ele está muito mais perto de você agora.
    Você então larga o telefone em estado de choque.
    Não há pegadas na neve.
    É seu reflexo.

    Oo

    Raposa


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 13/08/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 423
    <b>Pontos</b> Pontos : 414
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 4
    <b>Frase</b> Frase : im give up
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Raposa em 15/10/2012, 13:41

    esse topic vai ser ressucitado ainda?

    Mulder


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 14/06/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 10661
    <b>Pontos</b> Pontos : 12154
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 328
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Mulder em 15/10/2012, 14:37

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:esse topic vai ser ressucitado ainda?
    É uma grande possibilidade. Até porque nem a metade de estórias espalhas pela internet foi postado por aqui. Há muitas outras tão interessantes quantos a que foram postadas neste tópico.

    Além do mais, apesar de não ser comemorado no Brasil, é uma data bacana que deve ser lembrada.

    Teteu


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Saga Silent Hil
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 28/06/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 2082
    <b>Pontos</b> Pontos : 2652
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 68
    <b>Frase</b> Frase : Canal Youtube: Mateus Games TOP
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Teteu em 15/10/2012, 16:27

    Vamos lá, no clima de Terror, Trazer 2 Contos que eu Adoro Very Happy

    O Porão

    • Andy foi passar o fim de semana na nova casa dos tios. Ele adora visitá-los, pois Andy e seu primo Charlie são muito próximos. Eles costumam ficar acordados até tarde assistindo filmes de terror e contando histórias de fantasmas. A casa é grande e antiga, o contribui com um clima assustador. Entre uma história e outra, Charlie contava que ouvia sons estranhos, de como se alguém andasse pela casa, e que esses sons apareciam principalmente de madrugada. Andy brincava dizendo que era tudo invenção de Charlie.

      Foi num sábado à noite que caiu uma tempestade, a forte chuva causou queda de energia no bairro. A tia de Andy procurou por velas, mas encontrou apenas uma, e se lembrou de ter guardado um pacote em uma caixa durante a mudança, e que essa caixa estava no porão da casa. Ela pediu para um dos garotos ir buscar as velas. Charlie disse que não desceria lá de jeito nenhum numa escuridão daquelas. Disse também que toda vez que descia até o porão sentia um forte arrepio. Andy então, depois de chamar Charlie de medroso, pegou uma pequena lanterna e disse que buscaria as velas. Charlie o provocou dizendo “cuidado lá embaixo, eles vão te pegar”. Andy sorriu, desceu as escadas e foi até algumas caixas que estavam em um canto. Enquanto procurava, ele escutou o som de passos na escada, e pensando que era seu primo, clareou com a lanterna, mas não havia ninguém descendo a escada. Andy se apressou em encontrar as velas, até que, depois de um tempo, achou o pacote. No momento que se preparava para voltar, Andy escutou o barulho de vários objetos caírem no chão. Ele iluminou o chão e notou haviam caído vários brinquedos que estavam numa prateleira. Nem deu tempo de se recuperar do susto, Andy começou a sentir um frio na espinha, parecia que havia alguém parado bem próximo as suas costas, e quando foi se virar deu de cara com uma terrível presença. Os gritos desesperados de Andy assustaram seus parentes, que desceram rapidamente até o porão. Eles encontraram Andy desmaiado. Depois de carregado para cima, Andy acordou dizendo que havia uma garota com ele lá no porão, que ela tinha uma aparência medonha e o segurou e o empurrou contra as caixas. Andy ficou com marcas avermelhadas no seu rosto.

      Mais tarde, quando a energia foi restabelecida e seu tio chegou em casa, Andy ficou sabendo de mais acontecimentos inexplicáveis. Cada um deles já presenciou fenômenos estranhos. Tais como, objetos caindo, portas batendo, passos pela casa e até vozes. Disseram sentir um enorme desconforto ao descerem no porão. Charlie teve certeza de que aqueles sons que ouvia, era de algo sobrenatural.

      Alguns dias depois, os tios de Andy souberam algo sobre os antigos moradores daquela casa. Descobriram que lá morou um casal com duas filhas, e que uma delas morreu depois de um ataque cardíaco. Ela morreu naquele porão enquanto estava de castigo.


    FIM



    O Vizinho

    • Era domingo a tarde, e lá estava Ned, deitado no sofá com sua preguiça habitual dos fins de semana. Ned estava de férias do trabalho, então, praticamente todo dia era dia de preguiça. Solteiro e morando sozinho, ele não ligava muito para as tarefas domésticas, e quando não estava trabalhando, só queria saber de sair com os amigos ou ficar em casa em completo ócio. Mas algo naquela tarde mudaria sua rotina preguiçosa.

      Em meio a um pacote enorme de salgadinhos e vários cliques no controle remoto a procura de um programa de TV que pudesse entretê-lo, Ned ouviu a campainha tocar. Com muito o custo o jovem rapaz levantou do sofá, e caminhando lentamente foi até a porta, visualizou a visita pelo olho mágico, e só aí atendeu. Era seu vizinho e amigo Bob.

      Bob parecia estar com muita pressa, ele pediu para que Ned lhe fizesse um grande favor. Bob pediu que Ned vigiasse sua casa enquanto ele estivesse fora, disse que tinha assuntos pessoais a tratar e ficaria ausente por uns dias. Por se tratar de um bom amigo, Ned sem pensar duas vezes e disse que faria o favor a Bob. Bob agradeceu e entregou uma cópia da chave da casa para que Ned pudesse adentrar e alimentar os cães uma vez por dia. Bob se despediu, entrou no carro e saiu em disparada com uma velocidade consideravelmente alta. Ned estranhou o comportamento de seu amigo, um rapaz que sempre estava de bom humor, agora, Bob estava tenso e com um ar de preocupação no rosto. Ned suspeitou que algo pudesse estar errado, mas não teve tempo de questionar Bob, sua visita estranha e inesperada durou pouco mais de um minuto.

      Nos dias seguintes Ned fez o que Bob pediu, entrava na residencia para alimentar os cães e várias vezes ao dia, verificava a segurança da casa de Bob. Mas nesses dias, algo chamou a atenção de Ned. O clima na casa parecia estar diferente, Ned sentia um enorme desconforto toda vez que a adentrava para dar ração aos cães, algo que nunca sentiu não outras vezes que entrou lá. Não sabia o que era, mas sentia-se incomodado com algo. Mas mesmo tendo essas estranhas sensações, Ned continuou fazendo esse grande favor a Bob.

      Certa noite, antes de dormir, Ned fez como nas noites anteriores, da janela de seu quarto deu uma última olhada na casa de Bob para se certificar que estava tudo em ordem, mas dessa vez, se surpreendeu com algo. Avistou o que parecia ser uma pessoa olhando pela janela da sala. Confuso, Ned continuou olhando para aquela figura estranha que poucos segundos depois desapareceu. Ned continuou observando, mas na sua cabeça havia a dúvida se realmente viu o que pensava ter visto, afinal, não era pra ter ninguém na casa. Até que Ned se surpreendeu novamente. Agora Ned teve a certeza que não era sua imaginação, mas não era aquele vulto que ele estava vendo, e sim as luzes da casa de Bob que se acendiam e se apagavam repetidamente. Sala, cozinha, quartos, cada hora era um cômodo diferente, o que confundiu ainda mais a cabeça de Ned. Todo esse acende e apaga durou pouco tempo e logo a casa ficou as escuras novamente. Ned pegou seu telefone celular e tentou fazer um ligação para Bob, mas o número discado aparecia como fora de área. Então Ned ligou diretamente na residencia, não sabia muito o que esperar dessa ligação, mas a fez assim mesmo. O telefone da casa de Bob tocou, uma, duas, três, quatro e só após o quinto toque alguém atendeu. Mas quem estava lá e atendeu ao telefone não disse nada, Ned pode ouvir só a sua respiração ofegante.

      Segundos depois a ligação caiu. Ned voltou a observar a casa de Bob, estava assustado, mas queria saber o que realmente estava acontecendo. Alguns minutos depois o vulto voltou a aparecer na janela da sala, mas agora sim, Ned teve a certeza que se tratava de uma pessoa, mais precisamente uma mulher. Essa estranha mulher parecia saber que Ned estava olhando para ela, pois com as mãos gesticulava e fazia movimentos como se estivesse chamando por ele. Mesmo espantado, Ned não conseguia para de olhar para aquela figura estranha, até que, ela parou de acenar, e parecendo ter uma acesso de raiva, começou a gritar e a bater as mãos violentamente contra a janela. Ned se apavorou tanto ao ver aquilo que até levou um tombo caindo de costas no chão. Ainda caído, Ned continuava a ouvir os gritos e os sons que aquela mulher provocava ao bater na janela. “Meu Deus, o que está acontecendo ? “ pensava Ned. Até que pouco tempo depois os sons cessaram e a noite voltou a ficar silenciosa. Ned continuou deitado no chão, não tinha a minima coragem de levantar e olhar em direção da casa de Bob outra vez. Mas o pior susto ainda estava por vir. Ned começou a ouvir sons na sala de sua própria casa, depois sons passos na escada que levava até o andar de cima onde ficava seu quarto, exatamente onde ele estava no momento. Apavorado, Ned se encolheu um um dos cantos do quarto e ficou ouvindo os sons de passos se aproximarem cada vez mais, até que surge pela porta uma mulher, a mesma mulher que ele viu na janela da sala da casa de Bob. Ela estava nua, chorava muito e tinha muitos machucados pelo corpo que sangravam muito. Ao ver aquela mulher com aparência pavorosa se aproximar, Ned entrou em desespero e desmaiou. Quando voltou a si já era de manhã. Ainda confuso e assustado com o que presenciou na noite passada, ele levantou e foi até a janela do seu quarto, e de lá pode ver a rua repleta de pessoas e muitos carros de policia e bombeiros em frente a casa de Bob. Ned ficou ainda mais confuso.

      As noticias após todos os acontecimentos eram que a policia, através de uma denuncia de um vizinho que ouviu gritos desesperados de uma mulher, encontrou os corpos de três mulheres nos fundos da casa de Bob, ele assassinou cruelmente as três. Bob foi preso alguns dia depois em outra cidade, ele confessou os assassinatos. Ned se surpreendeu com a crueldade de Bob, pois nunca esperava isso de alguém que sempre foi um bom amigo.

      Naquele dia, após acordar do susto e ver toda aquela movimentação na rua, Ned notou algo que estava não só na parede do quarto, mas em outros cômodos da casa, em todos esses lugares estava escrito com sangue a frase “Me ajude!”.




    Espero que Gostem em Very Happy

    Mulder


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 14/06/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 10661
    <b>Pontos</b> Pontos : 12154
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 328
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Mulder em 31/10/2012, 19:37

    Muito bacana as estórias, Teteu. Principalmente a última. E aqui está mais uma estória, que apesar do tamanho, é bastante interessante:

    Espelho dos espíritos

    Eu estou escrevendo isso para um jornal local, porque se eu não fizer isso, eu posso ficar louco. Você pode me achar louco, depois de ler minha história. E eu posso ser mesmo...

    Meu nome é Jared Baldwin, e tenho 22 anos de idade. Recentemente estou me mudando para um apartamento na zona rural do Maine. Tudo esta indo muito bem nessas primeiras semanas, não estou tendo nenhum tipo de problema, tudo parece estar se encaixando muito bem. Na primeira vez que coloquei os pés no apartamento notei que a energia elétrica e o telefone, ainda estavam ligados, parecia que os inquilínos anteriores haviam deixado o local muito rapidamente, e as empresas de energia, água e telefone nem foram avisadas.

    Agora eu terminei minha mudança; o apartamento está completamente mobilhado, ficou do jeito que eu queria. Eu não tinha problemas em me adaptar a novos ambientes. Adormeci dentro de cinco minutos após me deitar em minha cama nova. Era estranho, especialmente para mim, já que eu costumo ter problemas para adormecer em quaisquer lugares em que não esteja acostumado. Mas eu tinha essa sensação de que estava destinado a viver no apartamento, apesar de estar em uma área completamente isolada. Eu não me dou bem com o isolamento, embora não me incomode.

    O segundo dia tudo correu bem, eu notei algo estranho no espelho do banheiro. Ele estava pintado com tinta preta. Não havia um centímetro de espelho em que eu pudesse me ver, era muito estranho mesmo, parecia que antes de saírem os moradores antigos se preocuparam mais em cobrir o espelho do que desligarem a energia ou até cancelarem seu telefone.

    Claro, eu não liguei para nada disso. Fiquei animado por não precisar comprar um armário novo para o banheiro, apesar desse não me servir para muita coisa.

    Algumas semanas se passaram sem incidentes, e eu estava completamente feliz com minha nova morada. No entanto, coisas estranhas começaram a acontecer.

    Uma noite, por volta das três da manhã, eu acordei com uma necessidade avassaladora de usar o banheiro, sai correndo de minha cama, e minha vista embaralhada se deparou com um feixe de algo brilhante vindo do espelho, apesar de ainda estar coberto com tinta preta, um brilho prateado fraco mostrava-se abaixo das fissuras do revestimento. Fiquei fascinado, e sobrecarregado com o desejo de raspar a tinta e tocar no espelho. Eu pensei ouvir sussurros fracos vindos do outro lado, me chamando, me pedindo para limpar o espelho.

    Quando retomei meus sentidos, percebi que o que estava acontecendo não era fascinante, mas sim assustador. As vozes por trás do espelho tornaram-se agitada, e em uma fração de segundos elas se foram... Eu fiquei um pouco atordoado, ainda estava sonolento. Eu usei o banheiro e voltei para a minha cama.

    Na noite seguinte, a mesma coisa aconteceu, eu notei que um pequeno buraco se abriu na pintura, cerca de três centímetros de altura e dois centímetros de largura, revelando um pedaço de espelho, que brilhava e pulsava com uma espécie de “eletricidade prateada”. As vozes, calmantes e convidativas, me pedindo para remover a tinta do espelho. Fechei os olhos por alguns minutos...

    Quando abri os olhos novamente encontrei-me na cama. Olhei para o relógio e eram 7 horas da manhã. Eu estava sonhando o tempo todo?

    Eu tinha dúvidas sobre o que estava acontecendo... E se tudo aquilo não fossem apenas sonhos, o senso comum dizia que eu deveria pensar sobre isso, e me mudar.

    Algumas noites se passaram, e nada de estranho aconteceu.

    Acordei na noite seguinte me arrastando para o banheiro, como eu tinha antes. Desta vez, notei que uma quantidade muito grande de tinta tinha sido removida do espelho, que tinha mais ou menos um metro quadrado. Um buraco de cerca de trinta centímetros de altura e vinte de largura tinha sido feito na pintura. O brilho pulsava sobre a superfície do espelho e iluminava todo o banheiro. Algo medonho escorria do espelho, parecia fumaça, mas era mais denso. Mais uma vez, as vozes me imploraram para libertar o espelho de seu revestimento... De repente tudo ficou escuro e mais uma vez eu encontrei-me de volta em minha cama na manhã seguinte.

    Fui até o banheiro e vi que um buraco ainda maior na pintura tinha sido feito durante a noite. Eu olhei para as minhas mãos e vi que elas estavam cobertas por tinta descascada...

    Deus... Eu estava removendo a pintura durante a noite, enquanto eu sonambulava!

    O pensamento me assustou, e naquela noite eu tranquei a porta do banheiro pelo lado de fora. Os inquilínos anteriores tinham colocado o bloqueio lá, sem dúvida, pela mesma razão.

    Quando acordei naquela noite, eu abri a tranca e fui para o banheiro. As vozes, mais convidativas do que nunca, fazendo-me sentir como se eu não tivesse escolha, e tivesse de libertar qualquer coisa que se escondia atrás daquele espelho, mais uma vez exigiu que eu removesse a tinta.

    Obedeci, apesar de meu subconsciente gritar para eu parar! Eu suprimi os gritos e deixei entregar ao puro prazer de remover a pintura do espelho...

    Acordei na manhã seguinte horrorizado ao ver que eu tinha retirado toda a tinta do espelho. Não havia estilhaços de tinta no espelho, e minhas mãos estavam completamente pretas.

    O que eu tinha feito? Eu tinha medo de dormir à noite... Algumas semanas se passaram sem que eu pudesse pregar os olhos com medo do que poderia acontecer.

    Uma noite, acordei por volta das três da manha... Fui para o banheiro, a pedido das vozes que vinham através do espelho. As vozes eram mais alta, como seria de esperar, porque não estava abafada pela pintura. O que eu vi me apavorou ​​mais do que qualquer coisa que eu tinha visto antes.

    A coisa que vivia no espelho não era agradável. O brilho prata era mais intenso do que nunca, em torno do espelho transbordava uma fumaça que parecia ectoplasma, e a criatura dentro do espelho sorriu para mim, revelando fileiras de dentes pontiagudos e amarelos. Meu coração quase explodiu no meu peito.

    As vozes que antes eram tão amáveis, agradáveis agora soava ameaçadoras e sinistras. A criatura, escondida nas sombras, passou através do vidro, cantando meu nome.

    Eu corri, para fora do banheiro como se não houvesse amanhã e realmente não haveria, se essa coisa me pegasse. Passei pela sala de estar olhando para meu taco de beisebol.

    Ouvindo logo atrás de mim aquela coisa rindo e chegando mais perto... Eu saí correndo pela porta da frente e sem nem olhar para trás. Eu não me preocupei com os meus pertences ou em trancar a porta. Eu nem sequer peguei as chaves do meu carro, eu apenas corri...

    Agora, estou me refugiando na casa de um vizinho, eu não posso voltar, mas sinto como se eu não estivesse seguro. Eu soltei-o do espelho, e eu sei que vai me caçar até que eu prenda ele novamente no espelho.

    Eu tenho que ficar longe de Maine. Amanhã vou estar me movendo para a Califórnia. Eu não me importo com meus pertences, eu só quero ficar seguro...

    Desculpe-me... Enquanto eu escrevia isso, eu sabia exatamente o que aconteceria com você, essa coisa está morrendo de fome... E se eu não tivesse contado isso para alguém, ou passado para frente a informação de sua existência, eu estaria morto agora...

    Agora estou bem longe de Maine... Eu me mudei para a Califórnia e vivo em um apartamento alugado, e trabalho em uma lanchonete para pagá-lo...

    Ontem à noite pensei ouvir vozes vindas do banheiro... Mas deve ser porque eu tenho pesadelos quase todas as noites com isso... Ele não poderia ter me seguido até aqui....

    Porque agora... Ele está atrás de você. Twisted Evil

    BlackMORE


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Half-Life 2
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 08/03/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 1406
    <b>Pontos</b> Pontos : 1046
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 67
    <b>Frase</b> Frase : Shitty wizard!
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por BlackMORE em 1/11/2012, 16:58

    Ah não House, "atrás de mim" é sacanagem, tô na agonia agora xD

    Vou postar aqui, mas sei que pra dormir hoje a noite vai ser terrível

    Jeff, O Assassino
    (Essa eu não copiei e colei, escrevi do jeito que eu lembro, não achei essa na net)
    Estava vendo TV, era 11:00 da noite, na sala. Estava com todas as luzes da casa
    apagadas, menos o da sala onde eu estava.
    Na TV,um noticiário sobre um assassino conhecido por Jeff, que tinha feito mais uma vítima. Porém mesmo após tantos assassinatos, ninguém nunca viu seu rosto ou viu ele mesmo, não se sabia nada dele, a não ser que ele cometia seus assassinatos apenas quando suas vítimas estavam dormindo.
    Depois da reportagem, fui dormir, sem temer o assassino, não pensava que ele viesse até minha casa, nunca cometi um crime ou algo digno de vingança.
    Deitei-me na cama, me cobri e fiquei olhando para o teto, quando percebi um pequeno ponto branco, minúsculo, que crescia vagarosamente. O buraco aparecia entre uma fresta que tinha no teto, me esqueci de consertar aquilo.
    Fiquei meio perturbado, mas arranjei uma desculpa: "Deve ser um vaga-lume", e dormi, pelo menos tentei. Aquele ponto branco cresceu a ponto de ocupar toda a fresta. Olhei para a porta, liguei a luz, e vi um rosto que logo sumiu. Não sei descrê-lo, não era humano, não pode ser, apresentava um rosto satânico, com um sorriso sinistro, olhos minúsculos, com a face completamente branca.
    Gelei, acendi a luz, não vi nada, olhei para o lado...

    Lá estava ele, sorrindo, bem a frente de mim, puxou a faca e disse:
    "Vá dormir"

    mr_bean


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Spore
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 26/01/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 1902
    <b>Pontos</b> Pontos : 1082
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 39
    <b>Frase</b> Frase : Valve só sabe contar até 2
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por mr_bean em 1/11/2012, 17:09

    Essa eu já conhecia Black, não é muito assustador mas é boa.

    Conteúdo patrocinado

    Re: [Especial] Halloween

    Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 15:59


      Data/hora atual: 2/12/2016, 15:59