Games 4Evil! - Tudo sobre games

Novidades, análises, prévias e mais sobre jogos


    Poesias, poemas

    Compartilhe

    Gabriellll


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 25/01/2014
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 19
    <b>Pontos</b> Pontos : 25
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 0
    <b>Frase</b> Frase : Have a nice day! õ/
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Poesias, poemas

    Mensagem por Gabriellll em 29/5/2014, 03:05

    Galera, aqui vai ser um espaço para poesias/poemas. Postem a(s) que vocês mais gostam e/ou que acham diferente(s) e tals. Para quem quiser postar suas próprias obras de arte, acho que ficaria interessante, haha. É permitido todo tipo de poesia, sem limite de tamanho, modos de escrita, rimas, ou qualquer outra coisa.

    Um site que eu gosto bastante é o A casa das mil portas. Lá, (até agora) 119 blogueiros brasileiros e portugueses postam microcontos, e funciona assim: Quando se clica em "abra uma nova porta", o site redireciona para uma página com um microconto aleatório. A definição de microconto que está no site é esta: "Um microconto é, ao menos na nossa definição, uma história em prosa contada em cinqüenta letras ou menos. Se parece pouco é porque é realmente pouco. Fazer um microconto é um desafio literário, uma tentativa extremamente econômica de contar ou sugerir uma história inteira. Um microconto exemplar, e possivelmente o mais famoso de todos, é do escritor guatemalteco Augusto Monterroso: "Quando acordou, o dinossauro ainda estava lá. "
    Eu salvei aqui alguns:
    A Casa das Mil Portas:

    Teve um pensamento feliz, abriu a janela e pulou. Quase voou.
    (Alex Castro)

    - Você vem sempre aqui?
    - Aqui onde? Neste planeta?
    (Fábio Assis)

    O maestro roncava fora do tom.
    (Fábio Assis)

    Sonhava com o coletivo. Foi trabalhar de motorista de busão.
    (Daniel Minchoni)

    Onde as gotas de chuva caíam, desenhava-se um sorriso.
    (Elyene Adorno)

    O robô não sabia que era robô e assobiava sorrindo.
    (Daniel Q.)

    Sentia. E por isso sabia todas as coisas do mundo.
    (Renata Crispim)

    Ela era tão doce que sofri uma diabete.
    (Maria Carolina Marzagão Jimenez)

    Saindo, disse o espectador: 'As vidas que a peça nos prega!'
    (Lilian)

    Não era um grande amor, cabia em uma frase.
    (Roney Belhassof)

    Amaram e riram à luz da Lua como nunca antes. Depois, acordou. Só.

    Orei para os deuses pra estar com minha deusa. E está uma confusão que só no Olimpo.

    (Essas duas ultimas eu vi em um tópico de um fórum que não consigo entrar mais :/ )

    Afinal, quem está escondido na face escura da lua?
    (Rafael Trindade)

    Quando alcançou o infinito resolveu tentar de novo.
    (Vinicius Andrade Neves)

    A casa tinha mil portas. Mas nenhuma o permitiu sair.
    (Zema Ribeiro)

    Não achou no bolso moedas para o mendigo. Sentou-se com ele.
    (Affonso Guerrero)

    'Eu robô' disse o andróide, entregando-se à polícia.
    (Carlos Seabra)

    Zs formigzs estzvzm em todz pzrte. No teclzdo, em tudo.
    (Artur de Carvalho)

    Eu era muito arrogante até me tornar Deus.
    (Herbert Farias)
    Uma poetisa e blogueira que eu gosto muito é a Rita Apoena. Pelo que sei, ela tinha um blog chamado "Jornal das pequenas coisas", onde ela postava suas poesias, só que, não sei por qual motivo, ela fechou esse blog. Daí, os que tinham salvo alguma coisa dela postavam na internet, e acho que por muito tempo só se tinha poesias dela assim. Felizmente, ela há pouco tempo recriou o blog com o nome Jornal dos pequenos, e de vez em quando posta alguma coisa lá. Eis alguns de seus trabalhos:
    Rita Apoena:

    "Não é que o mundo seja ruim e triste. É que as pequenas notícias não saem nos grandes jornais. Quando uma pena flutua no ar por oito segundos, ou a menina abraça o seu melhor amigo, nenhum jornalista escreve a respeito. Só os poetas o fazem."

    "Quando voltar do trabalho, olhe para cima e repare:
    no meio dos prédios altos, frios e cinzentos
    todos os postes de luz, com seus fios
    adormecem de mãos dadas.
    "

    "O regador é só uma mentira de chuva que eu tenho de contar às flores todas as manhãs."

    "Alguns escrevem pela arte, pela linguagem, pela literatura. Esses, sim, são os bons. Eu só escrevo para fazer afagos. E porque eu tinha de encontrar um jeito de alongar os braços. E estreitar distâncias. E encontrar os pássaros: há muitas distâncias em mim (e uma enorme timidez). Uns escrevem grandes obras. Eu só escrevo bilhetes para escondê-los, com todo cuidado, embaixo das portas."

    "Quando eu era pequenina e espiava o mundo pelas grades do portão, via sempre um véinho passando, gritando: Ói algodão! Um dia, resolvi sair e pegar a fila das crianças. Fiquei esperando o véinho transformar açúcar em nuvens, açúcar em mágica, em pedaços de carinho. Quando ficou pronto, mal podia acreditar! Peguei o algodão nos dedos e perna-pra-te-catar! Lá de longe, o véinho gritou: Ô Ritinha, mas e o dinheeeeeeiro, Ritinha? Eu virei e respondi: Não, vô! Num precisa de dinheiro, não! Só o algodão-doce já tá ótimo! Só o algodão-doce tá bão! O véinho deu risada e logo respondeu: É mesmo, né Ritinha? Só o algodão-doce já tá ótimo! Só o algodão-doce tá bão!"
    E, para finalizar, uma minha, haha.

    Texto meu:
    Felicidade na Lua

    Andando na rua, pensando,
    Pensando nas coisas que me cercam,
    Nas coisas que me rodeiam,
    Em tudo que acontece a minha volta.

    Pensando na chuva, em quem eu conheci, quem eu reconheci nessa estrada... E, a estrada é grande, eu sei, conheci muitos, e ainda não cheguei no final...

    A grande maioria deles passou, apenas passou por mim. Outros, entretanto, parecia que me acompanhavam pelo resto da ''viagem''. E cada vez mais vendo mais e mais gente...

    Até que, no fim da estrada, eu cheguei. Olhando para trás, tentando ver tudo que me cercava e todos que me acompanhavam. Consegui ver quase todos, ou quase tudo. E precisava subir... Subir para até nem eu sei onde. Como vocês vão me acompanhar eu não sei, só sei que vão. Pegar a outra estrada, e fazer este mesmo caminho novamente, com outros fatos, outras pessoas... É, é assim.

    Então, é isso. Postem suas poesias ou poemas favoritos, não importa a época ou o escritor. Eu quis postar algumas poesias diferentes para fugir do "de sempre", e também para o tópico não ficar maior do que já está, mas vai de cada um. kk õ/

    Klaus-Meine


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 07/01/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 534
    <b>Pontos</b> Pontos : 695
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 48
    <b>Frase</b> Frase : Quando Chuck Norris usa óculos escuros, é para não ofuscar o sol com o brilho do
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Klaus-Meine em 2/6/2014, 16:58

    Bom, vou deixar as melhores coisas que fui capaz de escrever até hoje. Vamos lá:

    Luz de Lama:
    No mais torpe pranto,
    Sem reza, sem vela, sem santo.
    Na correria ao calafate de barro,
    Rajada é lançada por arco.

    Sobe lobo, guerra e cruz,
    E o mulambo espera por luz.
    A fé selada com prego,
    É a paz de cada velho.

    Sem reza, sem vela, sem santo,
    O carro preto vem chegando.
    Traz o manto de tecido rasgado,
    Sem brio, descuidado, amassado.

    Sem reza, sem vela, sem santo.
    A fé selada com prego,
    É a paz de cada velho,
    A paz de cada velho.

    Vinhos e Rosas:
    A ti celebro com vinho,
    E dou-te as rosas de meu jardim.

    Que as regue com paixão,
    Com a luminescência dessa ilusão.
    Que sinta seu mais puro aroma,
    Que eleve a diminuta átona.

    Celebre sua simplória beleza.
    Então faça com toda certeza,
    O que ordena por galhardia.
    Sinta a aura que de ti irradia.

    ... Celebro sorrindo,
    E dou-te o sabor de meu amor sem fim.

    Carta à Tribo:
    Eram grafites gastos.
    E no papel,
    Demasiados rastros;
    Demasiados traços.

    Ao rude ou delicado,
    Se seria ou não repicado,
    À garota pouco importava.

    Com uma maestria notável,
    Criava formas quase abstratas,
    Que pelo menor dos detalhes,
    Despia da dor o mais deplorável.

    Soldado:

    Soldado fardado.
    Soldado cansado.
    Soldado irritado.

    Soldado sem guerra.
    Soldado sem terra.
    Soldado em espera.

    General chamou.
    Soldado calado.
    General gritou.

    Soldado com fuzil.
    Soldado com vinil.
    Trilha sonora.

    Tenente, tem gente.
    Num mundo doente.
    Tenente o soldado.
    Mais um revoltado.

    Paciência pela Ignorância:
    O cubo e a criança
    Num mundo dividido
    entre duas partes
    esperando pela esperança.

    A decadência em alguns
    ...O homem de mármore
    Faz uma protuberância
    de uma chama sem calor.

    Pouco anseia pela lucidez...
    Para transformar a chama
    Sem calor, ...Na flor
    ... Do amor...

    E a criança espera
    Olhando para o cubo
    Com rostos de pedra
    ... Perdida, sem rumo!

    Abstração:
    Serenidade que se sente;
    A tempestade já passou.
    Meu Senhor,
    O que não há de errado?

    Sons abstratos no vazio;
    A mais mórbida atmosfera.
    Grito triste que não ecoa,
    Sobre os ares da solidão.

    A pairar acima de si,
    Aos gestos e manifestos.
    Meu Senhor,
    O que não há de errado?

    Arte:
    Arte, o que pressente,
    Inócuo coração.
    Arte, uma semente,
    A florescer sem chão.

    Arte, um presente,
    Conjurado em solidão.
    Arte docente,
    Àquele de puro dom.

    Arte poente,
    Traço inocente,
    Delírio eloquente.

    Absoluto Eu:
    Perdido no eco do ego,
    Esperando que o espelho se quebre,
    Enquanto olha para si mesmo,
    Como um homem cego.

    "Dentro há um menino,
    Que não consegue sair."

    Então se escuta infinitamente,
    O que foi dito uma única vez.
    Como o estrugir do sino noturno,
    Em um templo de credo soturno.

    Tambor do Silêncio:
    Rompeu-se a escuridão com tambores de guerra, quando o pequeno rei ordenou.

    Após o clarão das grandes colinas de fogo, ouviu-se apenas o som do silêncio.

    Já não há mais nada, nem mais escuridão;
    O coração brando se alocou em distração.

    Ele outrora mantinha-se calado, em sua magnânima conexão de solidão.

    My head has exploded:
    this nuclear explosion
    at no sense emotion
    and now, kill 'em all
    like this fire undercover

    cold war never ends
    cold life ever lie
    cold truths in your eyes
    i like you, atom

    Traição:
    Então ela disse: Não preciso mais de você!
    Virou-se, e se foi...

    Gabriellll


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 25/01/2014
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 19
    <b>Pontos</b> Pontos : 25
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 0
    <b>Frase</b> Frase : Have a nice day! õ/
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Gabriellll em 4/6/2014, 03:02

    Simplesmente F0da, Klaus! Meus parabéns Very Happy õ/

    Estrada... Vazia:
    Andando na estrada vazia, me deparei com um senhor.
    De veste preta, chapéu e um sobretudo.
    Me aproximei, e disse : "O que está fazendo aqui senhor?"
    O Mesmo me respondeu que não era preciso viver neste mundo para estar aqui, mas apenas querer vir para cá.
    Então eu  perguntei "Como?"

    Então, me disse : "É Só querer estar aqui. Nada vai o impedir, nem ninguém. É só vir aqui quando quiser... "
    "Você pode estranhar no começo, mas eu sempre vou estar aqui. Sou muito conhecido, e venho aqui apenas em casos como esse, para ajudar. Como pode ver, não estou parado... nem sozinho. Todos estão comigo, para ajudar, para me ajudar, para te ajudar, para ajudar a todos nós... Isto é importante para nós também. Esta estrada, ninguém sabe seguir sozinho. Estrada sem cor, sem brilho, sem ninguém a "habitá-la", sem horizonte... apenas indiferença. Você não está sozinho... Nenhum de nós está, sempre tem "alguém" nos olhando, sempre tem ele nos olhando.

    Relaxe... (:

    Lembranças:
    Lembranças

    Lá fora eu vejo
    As coisas que eu pensei que veria há um tempo atrás
    Agora eu vejo
    O que eu pensei que eu via naquele tempo atrás
    Lá fora eu vejo
    As coisas que me mostram o que aconteceu há um tempo atrás
    Agora eu vejo
    Como eu era feliz naquele tempo atrás.
    E assim, vivo naquele tempo atrás... novamente.

    Agora eu estou
    Num lugar que me traz lembranças de um tempo atrás
    Algo me traz lembranças “estranhas” à mente, lembranças boas, más....
    Mas temos que usar as lembranças sem nos esquecer de que tempo estamos
    E lá de fora, vejo como se eu estivesse dentro de minhas próprias lembranças...
    E assim, eu revivo naquele tempo atrás... (novamente).

    Passado, Presente e Futuro podem se juntar nos seus pensamentos, nas suas lembranças. Só depende você quais lembranças escolher.


    Última edição por Gabriellll em 14/7/2014, 16:43, editado 4 vez(es)

    Klaus-Meine


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 07/01/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 534
    <b>Pontos</b> Pontos : 695
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 48
    <b>Frase</b> Frase : Quando Chuck Norris usa óculos escuros, é para não ofuscar o sol com o brilho do
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Klaus-Meine em 4/6/2014, 16:56

    Obrigado, Gabriel. Gosto de escrever coisas voltadas para a política, com elementos de poesia 'emocional'.
    No entanto, vez ou outra, saio do padrão e escrevo coisas como o 'Vinhos e Rosas'.

    Geralmente, meus textos contém linguagens abstratas e introspectivas, cujas interpretações são singulares para cada indivíduo.

    Eu poderia colocar o significado de cada elemento dos meus textos, segundo minha perspectiva. Mas evito esse tipo de descrição.

    Gabriellll


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 25/01/2014
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 19
    <b>Pontos</b> Pontos : 25
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 0
    <b>Frase</b> Frase : Have a nice day! õ/
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Gabriellll em 9/6/2014, 00:34

    Haha, entendo.

    Eu me chamo Antônio:
    Página no Facebook: Eu me chamo Antônio [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Ps - Comprei o livro hoje e já li xD. Sabia muito pouco sobre ele quando comprei, mas vimos (eu e a galera que tava comigo) algumas páginas e, meio que por insistência e 'pedido' (quando terminar de ler, me empresta), acabei comprando, haha. É muito f0da. O único problema é que é muito pequeno, :/ kk.

    LeonMaster


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Crash Bandicoot
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 03/10/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 2141
    <b>Pontos</b> Pontos : 1358
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 23
    <b>Frase</b> Frase : E as super estrelas são sugadas pra dentro do supermassivo...
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por LeonMaster em 9/6/2014, 15:56

    Ah, não zoem pode zuar sim, meus brothers podem tudo kkkkk, essa fui eu que fiz, tentando rimar muito mal por sinal, eu não tenho nome pra dar a isso... Ah, vai o que eu tô sentindo após escrever isso...

    Dor de cotovelo:
    Lembro do dia
    Que te chamei pra sair
    Lembro que também tremia
    E só conseguia sorrir.

    Como uma criança,
    Que encontra algo novo
    Já perdia a esperança
    De apaixonar-se feito um bobo.

    O que senti não era frio
    Tampouco quente
    Como água de rio
    Corria lenta e transparente.

    Porém o tempo passa
    Já não posso voltar
    Hoje sou a caça
    Frágil, sem teu cantar.

    Capaz de dizer
    De um jeito sem timidez
    Que ao anoitecer
    Quando quero adormecer
    Pelo menos uma vez
    É você que eu quero ter.

    Tá uma bosta, mas não zoem... :imwatchingyou:

    Gabriellll


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 25/01/2014
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 19
    <b>Pontos</b> Pontos : 25
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 0
    <b>Frase</b> Frase : Have a nice day! õ/
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Gabriellll em 9/6/2014, 16:09

    kkkkkkkkk, ficou legal velho, mesmo. kk xD õ/

    LeonMaster


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Crash Bandicoot
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 03/10/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 2141
    <b>Pontos</b> Pontos : 1358
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 23
    <b>Frase</b> Frase : E as super estrelas são sugadas pra dentro do supermassivo...
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por LeonMaster em 9/6/2014, 16:33

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:kkkkkkkkk, ficou legal velho, mesmo. kk xD õ/
    Acha que eu deveria botar num cartão e mandar pra ela no aniversário dela, que coincide no dia dos namorados?
     :lols: 

    Forcei a realidade...  :rastabigsmoke: 

    Gabriellll


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 25/01/2014
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 19
    <b>Pontos</b> Pontos : 25
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 0
    <b>Frase</b> Frase : Have a nice day! õ/
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Gabriellll em 10/6/2014, 01:03

    Haha, manda com uns cartões de chocolate. Tem uns tutoriais no Youtube (alá Manual do Mundo) hasioahs.

    LeonMaster


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Crash Bandicoot
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 03/10/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 2141
    <b>Pontos</b> Pontos : 1358
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 23
    <b>Frase</b> Frase : E as super estrelas são sugadas pra dentro do supermassivo...
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por LeonMaster em 10/6/2014, 16:40

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Haha, manda com uns cartões de chocolate. Tem uns tutoriais no Youtube (alá Manual do Mundo) hasioahs.
    Sim, chocolate ela gosta muito... Porém acho que seria um pouco demais... uahsuahsuahsuha

    PS.: Voltemos ao assunto e esqueçamos meus problemas... Razz

    Klaus-Meine


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 07/01/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 534
    <b>Pontos</b> Pontos : 695
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 48
    <b>Frase</b> Frase : Quando Chuck Norris usa óculos escuros, é para não ofuscar o sol com o brilho do
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Klaus-Meine em 10/6/2014, 16:45

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:
    Sim, chocolate ela gosta muito... Porém acho que seria um pouco demais... uahsuahsuahsuha

    PS.: Voltemos ao assunto e esqueçamos meus problemas... Razz

    Manda um poema junto com um disco do Bos*ta Rala. Vai por mim, ela vai adorar. Smile

    Mas vamos voltar ao assunto: Em breve posto outra poesia legal... Smile
    OBS: Eu só vim aqui dar essa ideia pro Léo mesmo. '-'

    Gabriellll


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 25/01/2014
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 19
    <b>Pontos</b> Pontos : 25
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 0
    <b>Frase</b> Frase : Have a nice day! õ/
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Gabriellll em 11/6/2014, 23:35

    Tá, pra esse eu não sei qual nome dar, haha. (Se tiverem sugestões... :B)
    A Incógnita:
    Estrada deserta,
    Estrada vazia,
    Eu a percorria,
    A fim de encontrar uma saída.

    A fim de encontrar uma saída,
    Eu percorria toda a estrada...

    O Vento me perseguia,
    Enquanto a chuva se desfazia,
    Em mim, e no resto de pessoas que me acompanhavam,
    Mas que nem ali estavam.

    Todas elas, seguindo para o mesmo caminho,
    Que no final se desfazia, não sendo mais o mesmo para todos, mas continuava sendo o mesmo para cada uma daquelas pessoas..

    Pessoas das quais devo conhecer, posso conhecer;
    Posso conhecer, reconhecer de longe.
    Reconhecendo-as eu estava, a fim de me achar no meio de tudo.

    Finalmente, eu tinha me achado. E para um caminho, tinha que seguir...
    Caminho que foi determinado por mim durante todo esse tempo,
    todo o percurso que tomei até aqui...

    Qual caminho tomarei? Este nem eu posso revelar,
    somente aquele que me encaminhou para este lugar poderá, mas, até lá...
    Eu já saberei.

    (Eu seria somente mais uma daquelas pessoas?)


    Última edição por Gabriellll em 13/6/2014, 00:25, editado 1 vez(es)

    Klaus-Meine


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 07/01/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 534
    <b>Pontos</b> Pontos : 695
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 48
    <b>Frase</b> Frase : Quando Chuck Norris usa óculos escuros, é para não ofuscar o sol com o brilho do
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Klaus-Meine em 12/6/2014, 15:32

    Gabriel:
    O que acha desse título:


    "A Incógnita"

    Gabriellll


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 25/01/2014
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 19
    <b>Pontos</b> Pontos : 25
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 0
    <b>Frase</b> Frase : Have a nice day! õ/
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Gabriellll em 13/6/2014, 00:25

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Gabriel:
    O que acha desse título:


    "A Incógnita"

    Haha, ótimo. Obrigado õ/, kk.

    Gabriellll


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 25/01/2014
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 19
    <b>Pontos</b> Pontos : 25
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 0
    <b>Frase</b> Frase : Have a nice day! õ/
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Gabriellll em 17/6/2014, 01:19

    Bom, quero fazer uns "inspirados" em Eu me chamo Antônio. Vou fazer assim que possível, mas, enquanto isso, deixo uns microcontos de A Casa das mil portas:

    A casa das mil portas:

    Existe vida atrás das frases prontas...
    (Fernando Henrique Baldissera)

    Com príncipes desencantados, o dragão era alimentado.
    (Roberto Prado)

    Um novo ano começa sempre com lua nova? Não? Mas... como?
    (Jules Rimet)

    Como estava frio, encostou no vidro da janela ensolarada.
    (Henry Galsky)

    Não achou no bolso moedas para o mendigo. Sentou-se com ele.
    (Affonso Guerrero)

    Paixão como aquela não tinha palavras, só olhar.
    (Roney Belhassof)

    Através dos olhos dela viu que sua imagem era única.
    (Vinicius Andrade Neves)

    Fora até a árvore de sua infância, e lá dormiu.
    (Fred Leal)

    Preciso acordar com o seu cabelo coçando meu rosto.
    (Lucas Amorim)

    O frio ficou lá fora. Para o claro da luz da lua quase cheia.
    (Jorge Haas)

    E tô pensando em criar um blog. Dicas de nome, por favor õ/. Pensei em "O menino mais otimista do mundo", ou algo do tipo, haha (e isso é mais pelo que dizem de mim, nem é taanto por eu achar e tals). O problema é que, em algumas interpretações, otimismo é "fechar os olhos para os problemas e esperar que tudo mude", e isso é uma das coisas que eu NÃO quero que seja. Mas com uma interpretação positiva talvez fique legal: "Sempre querer que as coisas melhorem, fazer o possível para tal e para se sentir feliz, simplesmente. " Dá pra escrever sobre isso na descrição do blog também, kk. Enfim, tô pensando nessas coisas... Qualquer dica, sugestão, sei lá, por favor, me digam. õ/

    Conteúdo patrocinado

    Re: Poesias, poemas

    Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:05


      Data/hora atual: 6/12/2016, 10:05