Games 4Evil! - Tudo sobre games

Novidades, análises, prévias e mais sobre jogos


    Zoe Quinn e a corrupção no jornalismo sobre games

    Compartilhe

    killer_sd


    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 24/08/2010
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 2755
    <b>Pontos</b> Pontos : 2719
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 25
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Zoe Quinn e a corrupção no jornalismo sobre games

    Mensagem por killer_sd em 31/8/2014, 12:53

    Vim aqui desabafar e dar minha opinião sobre os fatos que estão acontecendo em relação ao "jornalismo gamer" e o feminismo.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Zoe Quinn fez um jogo em html chamado Depression Quest, um jogo sobre como é a vida de alguem deprimido.
    Foi lançado no greenlight, que pra quem não conhece, é uma parte na steam onde pessoas normais podem postar conceitos de jogos para que sejam avaliados pelos outros e com a chance de ser lançado na loja steam.
    Ma como um jogo que ninguém estaria interessado em jogar foi parar lá?
    Ela recentemente acusou um fórum anonimo de estar ligando para a casa dela e a ameaçando de morte.Logo depois varias matérias sobre como ela era uma mulher forte por aguentar tudo isso e que continuasse fazendo jogos bons.

    O ex-namorado dela fez um texto para outro fórum explicando como tantas matérias teriam sido feitas.
    Ela basicamente fez !@#$%-o com 5 pessoas diferentes (traindo o ex) com 5 pessoas que fazem
    """joranalimo gamer""", pessoas que trabalham em sites famosos como rock paper shotgun ou kotaku.
    Não é questão dela ter traido o namorado dela, e sim por nós descobrirmos como o "jornalismo gamer" é corrupto.
    Ela estragou uma caridade feita por um site para beneficio próprio, um site que influenciava mulheres a fazerem jogos.

    Agora vários sites sobre jogos tem se escondido atras do feminismo, falando o quanto gamers são odiadores de mulheres e como jogos são machistas e mulheres são fortes por isso.

    Sites concordando com pessoas que dizem que jogos deveriam ter mais mulheres como protagonistas simplesmente porque não pode ter violência com mulheres, ou seja, se eu quero retratar a realidade com um videogame, eu não posso.

    Um vídeo que explica o que eu disse de maneira muito melhor ( apenas em inglês ):


    Segue o vídeo lixoso de uma feminista se fazendo de vitima:


    Esse complexo de vitimismo me da nojo.

    mr_bean


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Spore
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 26/01/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 1902
    <b>Pontos</b> Pontos : 1082
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 39
    <b>Frase</b> Frase : Valve só sabe contar até 2
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Zoe Quinn e a corrupção no jornalismo sobre games

    Mensagem por mr_bean em 31/8/2014, 14:34

    Pra mim de certo modo sempre foi corrupto, mas eu pensava que era só por questão de dinheiro, mas parece que sempre tem como piorar. E quanto a questão do feminismo, realmente os jogos eram machistas no começo, mas hoje em dia isso já está completamente diferente veja Tomb Raider, a personagem mudou muito com o tempo, no começo era só !@#$% appel, mas agora a personagem tem personalidade e uma carga emocional incrível, ou veja a Elizabeth de BioShock, sei que são poucos exemplos, mas tem muitas outras ótimas personagens femininas que não tem nada de machista.

    LeonMaster


    <b>Jogo Favorito</b> Jogo Favorito : Crash Bandicoot
    <b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 03/10/2011
    <b>Mensagens</b> Mensagens : 2141
    <b>Pontos</b> Pontos : 1358
    <b>Avaliações Positivas</b> Avaliações Positivas : 23
    <b>Frase</b> Frase : E as super estrelas são sugadas pra dentro do supermassivo...
    <b>Status</b> Status :
    Online
    Offline

    Re: Zoe Quinn e a corrupção no jornalismo sobre games

    Mensagem por LeonMaster em 2/9/2014, 18:18

    Ih, carai... Os "gordos granudos" redatores tão barganhando mal hein. Talvez sofram de abstinencia "secçual", sei lá... A mina é feia bagarai. aushauhsuahsuahsuahsuhaus

    O chato mesmo é ver a coisa tomar proporção entre os jogadores. A crítica já é bem duvidosa, a gente não consegue mais acreditar nas análises e artigos com fervor, depois que certos assuntos acabaram sendo postos em patamares diferentes de discussão. Perdi a confiança no jornalismo gamer a tempos, leio/escuto artigos de opinião, só pra antecipar uma minha sobre comprar ou não, no mais, ignoro.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Zoe Quinn e a corrupção no jornalismo sobre games

    Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:09


      Data/hora atual: 6/12/2016, 10:09